[Opinião] – Dia Nacional da Consciência Negra

Um dia no ano marcado para celebrar uma ideia, que deveria ser disseminada durante o ano inteiro: a Consciência Negra. Sabemos sim da importância da data, já que marca a morte de Zumbi dos Palmares e a luta e resistência de Dandara, sua esposa. Grandes expoentes no contexto da escravatura no Brasil. Foram e não deixaram de ser exemplos. Assim como a data também é o momento para lembrar de ativistas outros, os quais lutaram também pela causa negra em seus tempos.

Homens, mulheres, movimentos e instituições são, hoje, símbolos da luta contra o racismo no Brasil e em outras partes do mundo. Já que a problemática é universal. Já que é difícil cogitar a possibilidade de uma extinção. Talvez seja mais alcançável a redução, por meio de processos de conscientização. Tendo em vista o enraizamento de práticas racistas. Mas é possível avançar.

Temos ganhos. A exemplo do Brasil, o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, mostrou a porcentagem de 52% da população autodeclarando-se negra. Ganhos importantes. É um marco para um país de passado escravista. E de heranças deste sistema. Assim como ocorre na África do Sul, de cenário, obviamente, com suas particularidades. Em 1994, entrava em declínio o Apartheid. De forma a deixar seus resquícios. Já que a sociedade sul-africana vive o chamado pós-Apartheid.

Temos perdas. Quando a polícia racista continua matando as pessoas negras. Quando os maiores índices de violência, em suas mais diversas formas, atingem a vida de pessoas negras. Quando a mulher negra ainda tem um salário desigual ao do homem branco. Entre tantos casos. São perdas. Mas que não anulam possibilidades de ganhos, de pensar em mudar o cenário.

Deve-se continuar a luta. Já que é da natureza dos negros a resistência. Já que há muito o que se conquistar. Luta e resistência devem caminhar juntas. E, se depender das pessoas negras, assim o será. Ao passo que a Consciência Negra está no coração e na mente de muitos. E esta é praticada e vivenciada não só no dia 20 de novembro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s