Bahia Escrita Negra

Antropóloga Jade Lôbo lança livro sobre a imigração haitiana

A antropóloga do interior da Bahia, Jade Alcântara Lôbo, 24, lançou em novembro pela Editora Appris seu primeiro livro, Para Além da Imigração Haitiana: Racismo e Patriarcado como Sistema Internacional (2020). Nesta obra, a autora apresenta seu olhar apurado a respeito da relação Brasil – Haiti a partir do processo de imigração da população haitiana. Aliás, a partir das narrativas das mulheres da comunidade haitiana do Oeste do Paraná. 

A história haitiana é fundamental para compreender o processo de emigração no país, segundo a pesquisadora. O Haiti foi a primeira nação livre da escravidão nas Américas. Desde então, sua população se mostra emigrante, sendo as divisas enviadas por emigrantes parte considerável do Produto Interno Bruto (PIB). A instabilidade política e econômica está diretamente ligada a imigração haitiana para o Brasil. No entanto, o processo foi acelerado pela Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH), liderada pelo Brasil em 2004.

Neste estudo etnográfico, Jade compreende que o subimperialismo brasileiro é um fenômeno não só de exploração econômica, mas também de tensão racial. Ela denuncia o racismo, operando nas relações internacionais e como acordos entre branquitudes globais levaram o exército brasileiro a precarizar a vida da população negra do Haiti. “O ocidente colonialista e racista é responsável pela criação de mitos e realidades do Haiti, presente nos discursos sobre violência e tráfico nas periferias como Cité Soleil”, conclui a antropóloga. 

Sobre a autora

Jade Lôbo é neta de marisqueira, doutoranda em Antropologia Social na Universidade Federal da Santa Catarina, estudante bolsista no Afro-Latin American Research Institute da Universidade de Harvard (EUA). Além disso, é pesquisadora do Núcleo de Estudos Afro Latino Americanos (UNILA) e do Grupo de pesquisa África-Brasil, associada à Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as).

A autora Jade Alcântara Lôbo. Foto: Divulgação.

Saiba mais

Acesse o livro: Para Além da Imigração Haitiana: Racismo e Patriarcado como Sistema Internacional

Foto de capa: Divulgação.

LEIA TAMBÉM: Grupo cearense de grafiteiros lança e-book sobre grafite

Conheça o Negrê Podcast:

Compartilhe: