Pernambuco

Da periferia do Recife à homenagem do governo da Alemanha pela defesa das causas sustentáveis

Mesmo quando não era moda falar de sustentabilidade, a modelo internacional e greenfluencer Domitila Barros já promovia ações sustentáveis na periferia do Recife (PE). Artivista (termo que une Arte + Ativismo) premiada pela Unesco, ela utiliza suas redes sociais para partilhar experiências e incentivar pessoas no mundo todo a uma mudança de hábitos. Neste mês […]

Escrita Negra

Manoela Ramos: uma mulher preta que viaja o Brasil para encontrar África no coração

Atualizado às 13h45 do dia 15/03/2021 Um diário de bordo, um livro de autoconhecimento, um compilado de crônicas ou um registro sociológico e temporal de um Brasil que ainda precisa ser (re)conhecido. Não é pretensão: tudo isso é tematizado no romance Confissões de Viajante (sem grana), livro da escritora-viajante Manoela Ramos, lançado em 2018 e […]

Escrita Negra

Voz das Vielas

Nunca comeu feijão com gorgulho, nunca precisou tomar água pra enganar o buxo.Quando a fome apertava, nunca vi vocês na quebrada.Falam e fala, falam dos de farda, mas se brincar vocês são piores que os de terno e gravata.  Pagam de playboy de quebrada.Na moral, cês são uma piada.Duvido sobreviver a rotina diária.Nunca nem pegaram […]

Ceará Escrita Negra

Entre loas e lares

Quando me questionaram se eu poderia escrever sobre “minha vivência em maracatu enquanto mulher negra”, me pus a perguntar se tinha interesse em, de fato, deixar tão evidente todos os sentidos vividos durante o primeiro contato com o grupo Maracatu Solar, vinculado à SOLAR (Associação Cultural Solidariedade e Arte). Fora do meu lugar de nascimento […]

Escrita Negra

A Caixinha de Sonhos

Em um ponto onde a luz e a sombra dançam no silêncio da calçada, uma menina espera um ônibus (seja lá de onde venha) para ser refúgio contra a inumana cidade. Espera um motorista qualquer que lhe dê subida. No colo, uma pequena caixa de sapatos, cheia de buracos e figuras mal desenhadas, e uma […]

Escrita Negra Narrativas

Negodinho

[Lugar qualquer, um rádio toca] “Bom dia cidade! Vamo acordar, vamo acordar! Já são 8h da matina, vamo acordar! O dia raiou, mas o frio é intenso. Quem não levantou, vamo acordar! Acordou? Olha aí que presente, né não!? Mas um dia, todo nosso […]” Enquanto o rádio chiava – voz de taquara rachada – uns ainda […]