Tela Preta

The Photograph: uma narrativa bonita que nós negros merecemos

The Photograph (2020) é sim uma narrativa – bonita, sensível e bem poética –, que nós, negras e negros, com certeza, merecemos assistir e vivenciar. O filme é um drama romântico norte-americano e tem como protagonistas no elenco principal os atores Issa Rae, 35, da série Insecure (2016), e Lakeith Stanfield, 29, do filme Corra (2017). Neste Dia da Consciência Negra, o site Negrê indica este filme, merecedor de sua atenção e seu tempo.

A obra cinematográfica retrata o afeto em diversas formas e cenas, além da subjetividade dos personagens. Há dois fluxos narrativos percorrendo o enredo, contando duas histórias. Uma do passado e outra, do presente. Mae (Issa Rae), uma curadora assistente e filha de uma fotógrafa famosa e apaixonada pelo seu ofício, Christina, conhece o jornalista Michael (Lakeith Stanfield). Justo no momento em que ele está escrevendo uma reportagem sobre a mãe de Mae – já falecida – e precisa fazer entrevistas com o ex-namorado de Christina, Isaac. É nessa pequena jornada em Nova Iorque (EUA) que há um encontro dos dois, ainda que tímido. E eles irão decidir se haverá continuidade.

Issa e Michael. Foto: Mark Schwartzbard/Divulgação.

Há encontros necessários e reencontros decisivos dentro da construção narrativa de The Photograph. E é muito bonito acompanhar, ainda que o longa-metragem tenha muitos minutos de duração. O que permite fazer os fatos irem acontecendo dentro do romance e o espectador ir acompanhando com atenção. Mesmo não sendo somente uma única história de amor sendo contada no filme. O fluxo de tempo, memória e psicológico é realmente bem presente. Esse é um dos pontos fortes do filme.

A forma de lidar com o afeto e como este conecta as pessoas é outro fator pertinente no longa, explorando esse aspecto na personalidade das personagens femininas. Sabendo que as duas são mãe e filha e por isso, se parecem bastante. Mas a principal questão surge é que Mae não quer repetir os erros da mãe, que tomou decisões devido a sua ambição em crescer profissionalmente. Mae percebe seu afeto por Michael e não quer deixar passar, perder oportunidades de ser feliz. Mesmo depois do jornalista ter acabado de conseguir um emprego em Londres (Reino Unido).

Mae e Michael em um dos encontros. Foto: Mark Schwartzbard/Divulgação.

A narrativa é longa, mas é uma construção para a decisão final de Mae, que tanto se parece com sua mãe. Mesmo que haja outros fatores influenciando ao redor, como a decisão de Michael em se mudar para Londres. O que vai distanciar o casal. Decisões dentro da vida afetiva e profissional permeiam os dois. Eles precisarão optar por algo. Será priorizar o estar junto ou o individual? É essa e outras respostas que o desenrolar da obra trará. Se você deseja uma narrativa leve e bonita para o fim de semana, realmente vale a pena acompanhar.

Após seu lançamento, o filme recebeu críticas favoráveis e teve um bom faturamento.

Confira o trailer:

Ficha técnica

The Photograph
Ano: 2020
País de origem: Estados Unidos
Gênero: Drama romântico
Duração: 106 minutos
Direção: Stella Meghie
Roteiro: Stella Meghie
Produção: James Lopez e Will Packer
Elenco: Issa Rae, Lakeith Stanfield, Chelsea Peretti, Lil Rel Howery e Courtney B. Vance
Música: Robert Glasper
Disponível: Stremio

Foto de capa: Mark Schwartzbard/Divulgação.

LEIA TAMBÉM: Você certamente vai se identificar com a série Insecure; 5ª temporada vem aí

Compartilhe: