Negril Notícias

bell books é homenageada pela Turma da Mônica

A ativista e intelectual norte-americana bell hooks (1952-2021) é a mais nova homenageada nos quadrinhos da Turma da Mônica. Por meio do projeto Donas da Rua da História, idealizado pelo desenhista Maurício de Sousa, a proposta é trazer visibilidade às mulheres notáveis para inspirar meninas e mulheres a buscarem seu espaço em áreas como artes, ciências, esportes ou literatura.

Foto: Divulgação.

Sobre bell hooks

Gloria Jean Watkins, dona do pseudônimo bell hooks, nasceu em 1952, em Hopkinsville, no Estado de Kentucky, no sul dos Estados Unidos, numa época em que leis racistas separavam os espaços que podiam ser frequentados por pessoas brancas e negras.

Formou-se em literatura inglesa na Universidade de Stanford, fez mestrado na Universidade de Wisconsin e doutorado na Universidade da Califórnia. 

Os principais estudos de bell hooks estão dirigidos à discussão sobre raça, gênero e classe e às relações sociais opressivas, com ênfase em temas como arte, história, feminismo, educação e mídia de massas. É autora de mais de 30 livros de vários gêneros, como crítica cultural, teoria, memórias, poesia e infantil. 

Premiada com um The American Book Award, um dos prêmios literários de maior prestígio dos Estados Unidos. Entre suas maiores influências, além de Martin Luther King (1929-1968), Malcom X (1925-1965) e Erich Fromm (1900-1980), estão as teorias de educação defendidas pelo brasileiro Paulo Freire (1921-1997).

bell hooks morreu no dia 15 de dezembro de 2021, aos 69 anos.

Foto de capa: Divulgação.

LEIA TAMBÉM: Produção de Lázaro Ramos tem segunda melhor estreia nacional em 2022

Ouça o episódio #01 do Saúde Preta podcast – Por que falar sobre saúde da população negra?

Apoie a mídia negra nordestina: Financie o Negrê aqui!

Compartilhe: