Mundo Notícias

Ingrid Silva será a primeira brasileira e bailarina negra a palestrar em evento de Harvard

A bailarina e ativista Ingrid Silva, 32, é uma das principais palestrantes confirmadas na 14ª Conferência de Empoderamento e Desenvolvimento de Mulheres Latino-Americanas no próximo domingo, 17, realizada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Ingrid será a primeira brasileira e bailarina negra a participar do evento, organizado anualmente.

Nascida e criada no Rio de Janeiro, Ingrid Silva se tornou a primeira bailarina do Dance Theatre of Harlem (EUA), a primeira companhia de ballet clássico do mundo para negros. O anúncio foi feito pela própria Ingrid em sua conta do Twitter nesta segunda-feira, 11. Ela comunicou e comemorou em suas redes sociais:

Na palestra, Ingrid Silva, que também é co-fundadora do projeto Blacks in Ballet (BIB), contará sua trajetória, além de falar sobre arte e ativismo por aproximadamente uma hora para uma plateia virtual de 400 pessoas.

“Ser a primeira brasileira e bailarina a palestrar na Harvard LEAD Conference é de uma importância histórica, sobretudo, sendo negra! Levar a minha história e a minha jornada para uma das universidades mais importantes e prestigiadas do mundo representa mais uma vitória. É começar o ano de 2021 com o pé direito, carregando a responsabilidade de levar a diversidade para todos os espaços. Além disso, é um legado pra minha filha Laura e pra muitas outras meninas. É a mensagem de que é possível sim realizar sonhos e ser quem você almeja nesta vida”, reflete a bailarina. 

Foto de capa: Tali Ramos.

LEIA TAMBÉM: Sapatilhas de Ingrid Silva entram para a história da dança afro-americana

Conheça o Negrê Podcast:

Compartilhe: