Notícias

Saiu o primeiro trailer do filme Judas e o Messias Negro

50 anos após o assassinato do líder do Partido dos Panteras Negras, a Warner Bross acaba de lançar o primeiro trailer do filme Judas e o Messias Negro. O filme narra a trajetória política do jovem visionário negro Fred Hampton e a história da traição que culminou em sua morte pelo Federal Bureau of Investigation ou Departamento Federal de Investigação (FBI).

O título do filme é muito certeiro, quando se quer apresentar a traição cometida pelo Judas, William O’Neil, ao messias Fred Hampton. Mas o trailer mostra O’Neil num aparente conflito entre salvar-se da prisão, colaborando com o FBI, e continuar nos Panteras Negras, onde estava infiltrado.

A previsão de lançamento do filme é em 2021, mas, pelo trailer, já estamos animados para ver o resultado na tela grande e trazer uma resenha aqui no Tela Preta do Negrê. Judas e o Messias Negro é o primeiro trabalho de direção em cinema de Shaka King e traz Daniel Kaluuya como protagonista, no papel de Fred Hampton. Lakeitn Stanfield é O’Neil, o informante do FBI que passou dados cruciais para o assassinato de Hampton.

Um pouco da história 

Fred Hampton tinha apenas 21 anos quando já liderava os Panteras Negras em Illinois, nos Estados Unidos, e tinha grandes projetos, entre eles a coalizão arco-íris. Ela reunia os líderes das maiores gangues de Chicago em nome de parar a guerra entre eles e construir uma sociedade mais justa. A coalizão não tinha apenas os negros, mas outros grupos de minorias étnico-sociais norte-americanas, a exemplo dos latinos conhecidos como Os Boinas Marrons e os Jovens Senhores; os indianos do Movimento Indiano Americano; os chineses do Partido da Guarda Vermelho; além dos brancos pobres da Organização Jovens Patriotas.

Foto: Divulgação.

O crescimento político de Hampton e dos Panteras Negras já chamava atenção dos governos e da polícia. Preocupados com a ascensão dessa minoria, o FBI contratou e pagou um infiltrado para lhes passar informações. William O’Neal (Judas) era esse espião. Mesmo com as provas que incriminam o FBI, o crime permanece impune e nenhum dos envolvidos foi preso. Em 1975, o Comitê de Inteligência do Senado realizou uma investigação de crimes cometidos pelo FBI, o que levou o diretor da instituição, Clarence Kelley, a emitir apenas um pedido de desculpas.

No elenco

Fred Hampton é interpretado pelo ator britânico Daniel Kaluuya. O ator tem ganhado bastante destaque e participado de obras importantes pra sua carreira. E se sua atuação em Get Out ou Corra! (2017) já lhe rendeu dezenas de indicações, inclusive ao Oscar, parece que sua atuação em Judas pode lhe render muito mais. E a gente torce para que aconteça.

O elenco ainda tem Jesse Plemons de Fargo (2016), Black Mirror (2011), Breaking Bad (2008), Dominique Fishback de O ódio que você semeia (2018), Ashton Sanders de Moonlight (2016) e Martin Sheen de Os Infiltrados (2006).

A direção e co-roteiro é do estreante em cinema, Shaka King. Um diretor afro-americano independente que exibiu seus filmes e festivais.

Confira o trailer:

Foto de capa: Divulgação.

Compartilhe: