Radar Negro

Atores negros entre os 25 melhores do século para você conferir

O jornal norte-americano The New York Times publicou uma lista com os 25 melhores atores e atrizes do século XXI. Entre eles, estão seis atores negros que a gente ama acompanhar: Denzel Washington, Viola Davis, Mahershala Ali, Michael B. Jordan, Rob Morgan e Alfre Woodard.

Organizada pela crítica de cinema Manohla Dargis e pelo jornalista A. O. Scott, a lista ainda tem a brasileira Sônia Braga, dos filmes Aquarius (2016) e Bacurau (2019) na 24ª posição.

Como a gente adora esses artistas, fizemos uma lista contando um pouco de suas histórias. Mas fica ligado, porque tem dica de filmes também. 

Denzel Washington (1º lugar na lista)

Foto: Reprodução/Instagram Denzel Washington.

Aos 65 anos, Denzel Washington é, sem dúvida, um dos maiores atores do século e ganhou o primeiro lugar. Com 30 anos de carreira, Denzel já declarou que não planejava ser ator, pois não tinha referências de negros na atuação quando era mais jovem. Agora, ele é a própria referência para atores negros iniciando a carreira ou mesmo experientes, como Viola Davis, com quem contracenou no longa-metragem Fences/Um Limite Entre Nós (2017), da Netflix, do qual também é diretor e teve quatro indicações ao Oscar em 2017. 

O ator já ganhou o Oscar de melhor ator pelo filme Um Dia de Treinamento (2001), no qual vive um policial corrupto. Também tem um Oscar pela atuação no longa Tempos de Glória (1989), no qual vive um soldado durante a Guerra Civil dos Estados Unidos. 

Mesmo sem ter recebido um Oscar pela atuação em Malcolm X (1992), de Spike Lee, esse é sem dúvida um dos filmes mais marcantes da carreira do ator. Pra quem gosta de suspense, O Colecionador de Ossos (1999) é um clássico. E não deixe de ver O Dossiê Pelicano (1993), também disponível na Netflix, no qual ele vive um repórter ao lado de uma estudante de direito que descobriu tramas e segredos da Suprema Corte norte-americana. 

Viola Davis (9º lugar na lista)

Foto: Dario Studio/Reprodução/Instagram Viola Davis.

“A única coisa que diferencia as mulheres negras de qualquer outra pessoa é a oportunidade”. Essa frase é parte do discurso da atriz que se tornou a primeira negra a ganhar a estatueta do Emmy, em 2015. Suas palavras foram tão fortes e impactantes, que reverberam até hoje em sua carreira. O merecido Emmy foi conquistado pela atuação na série How to Get Away With Murder (5 temporadas), disponível na Netflix, onde vive uma bem sucedida advogada norte-americana. Em Fences/Um Limite Entre Nós, já citado, levou pra casa o Oscar de Melhor Atriz.

E ainda tem mais: Viola está no filme As Viúvas (2018), no qual lidera um grupo de viúvas que entram para o crime. Na última semana, a Netflix lançou o filme A Voz Suprema do Blues (2020, no qual nossa diva vive a mãe do Blues. Esse foi o último filme gravado pelo eterno T’Challa, Chadwick Boseman

Ativista pelos direitos civis, Viola disse se arrepender de ter feito o filme Histórias Cruzadas (2011). O título original é The Help (A Ajuda) e conta com mais uma narrativa estereotipada, no qual negros são salvos por brancos. 

Michael B. Jordan (15º lugar na lista)

Foto: Reprodução/Instagram Michael B. Jordan.

Depois de ser eleito o homem mais sexy do mundo, B. Jordan conquistou a 15ª posição entre os 25 melhores atores do século. Foram muitos anos para que um homem negro conquistasse essas posições e pudesse ser visto como belo e talentoso.

Além de viver o antagonista Killmonger no filme Pantera Negra (2019), o ator é protagonista de Creed: Nascido para lutar (2015) e Creed II (2018) ambos disponíveis no catálogo da Netflix. Você também pode assistir Luta por Justiça (2019), onde ele vive um advogado recém-formado que decide se dedicar a prisioneiros condenados à morte que não receberam assistência legal justa.

Alfre Woodard (17º lugar na lista)

Foto: Reprodução/Instagram Alfre Woodard.

O mais recente filme da atriz é Clemency (2019), onde interpreta a guarda Bernadine Williams, que passou anos sendo responsável por conduzir presos no corredor da morte. Não é por acaso que o longa aparece na lista dos 25 melhores do século, afinal, Clemency teve 92% (noventa e dois por cento) das aprovações dos críticos de cinema, segundo o Rotten Tomatoes

Aos 68 anos, Alfre tem na carreira diversas obras para a televisão e para o cinema e foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por sua atuação no filme Cross Creek (1983). Também levou o Globo de Ouro em 1997 pela atuação em Miss Evers’ Boys (Cobaias), filme que trata dos estudos norte-americanos sobre a Sífilis entre os anos de 1932 e 1972, quando usavam afrodescendentes como cobaias sem que eles soubessem que se tratava de um experimento autorizado pelo Estado.

Confira na Netflix o filme Juanita (2019), em que Alfre vive uma mulher que resolve cair na estrada e viver a vida após criar três filhos. Ela também está em Luke Cage (2016).

Rob Morgan (20º lugar na lista)

Foto: Divulgação/Netflix.

Com apenas nove anos de carreira, Rob Morgan já aparece na lista dos 25 melhores atores do século. Confesso que não tinha reparado tanto nele e parece que a internet também, pois nas pesquisas não têm muita referência sobre o ator. 

Em Demolidor (2015) e Luke Cage (2016), ele vive o mesmo personagem, Turk Barrett, um pequeno criminoso que dá trabalho para os super-heróis. Já no longa Luta por Justiça, já citado, ele vive Herbert Richardson, um veterano de guerra com estresse pós-traumático que está no corredor da morte.

Mahershala Ali (23º lugar na lista)

Foto: Reprodução/Instagram Mahershala Ali.

O primeiro ator muçulmano a ganhar o Oscar. Essa é uma marca de Mahershala Ali, que foi premiado pela atuação no longa Moonlight – Sob a luz do luar (2017), um filme sobre as descobertas de um jovem negro e gay, debatendo sexualidade e identidade. Sua segunda estatueta veio merecidamente por sua atuação no filme Green Book (2019), disponível a Amazon Prime. Aliás, o filme foi muito criticado por também ser mais um estereótipo americano do negro salvo por um branco.

Ele também está em Estrelas Além do Tempo (2016), uma pequena participação. Esse filme é muito bom (apesar de ter branco salvador em alguns momentos), e vale a pena conferir também as atuações de Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe. Na TV, Ali protagoniza a terceira temporada de True Detective (2019), na HBO, onde vive o detetive Wayne Hays.

Fotos de capa: Reprodução/Instagram.

LEIA TAMBÉM: Conheça a série mais negra da Marvel sobre o herói urbano Luke Cage

Compartilhe: